Quando a vida te obriga a ser adulta


Um pouco antes do ensino médio acabar, sonhava em fazer uma faculdade, morar sozinha, cuidar e alimentar meus sonhos. Minha mãe dizia para eu manter os pés no chão, se bem que voar no mundo dos sonhos era mais divertido. Mas tudo bem. Tudo continua bem. De um certo ponto de vista, mas vamos lá.
Virada de ano sempre me surpreende, um ano novo começa, e ali faço minha listinha de coisas à cumprir, que por acaso, esse ano não cumpri. Já é junho, e até agora, a unica coisa que consegui reparar na vida é que a mesma me obriga de certa forma a ser mais adulta. 
Acabou-se o que era doce como dizia minha avó, a uns cinco anos atrás. Embora todos à minha volta se darem bem com essa vida de estudante universitário, dono do seu próprio nariz e falarem o quanto uma faculdade muda sua vida, eu ainda penso do mesmo jeito que antigamente. Seja pela vida cruel como alguns soam à dizer ou pelo papel que ela deve me passar. 
Já se foi metade de um longo ano morando "sozinha". Sozinha entre aspas porque seria praticamente isso. Ainda assim, percebo que a cada dia me conheço ainda mais, e mais. 
Me dei conta que minha vida, nesses últimos meses mudou bastante. Embora ela não seja lá tão organizada, como minha psicologia queria, prefiro assim, em constantes mudanças. 
Sinto saudades da família. Entrei na academia para me sentir mais a vontade com meu biotipo. Tentei crescer. Não que minha altura não me agrade, mas seria bom ter alguns centímetros à mais. 
Isso tudo porque cresci como pessoa, e vejo que a vida não é brincadeira. Ela exige muito, me obrigou a ver coisas que eu não queria ver, fazer coisas que não queria fazer. Foi aí que me dei conta de que a vida nada mais é que uma mãe, da qual me obrigou a ser adulta, mesmo querendo ser criança por mais alguns anos.

6 Comentários

  1. Acho que a vida só te obriga a certas coisas, quando você se diz não ser capaz de fazer aquilo. Vê só, pessoas experientes não costumam ser obrigadas a certos atos ou levar empurrões da vida, já as que acham que o mundo é o paraíso acabam quebrando a cara quando a ficha cai, então o único jeito é aprender a ser 'adulta'. Só acho.

    ~ Blog Menina Linda

    ResponderExcluir
  2. nossa flor. profundo, eu penso que nem voce, eu tento "voar" mas, no caso é meu pai que sempre me manda ficar com os pés no chão. eu quero fazer faculdade de medicina - na verdade eu sonho em ser atriz, atriz de sucesso mesmo- mas, é como dizem a vida nao é assim temos que superar varias coisas e uma delas é tentar viver, desde nova eu me preocupe, ou seja desde nova eu penso como adulto, penso no meu futuro e como vai ser. e isso me preocupa demais, demais mesmo é estranho sabe.

    inocentementeingenua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. A vida é assim mesmo... Eu continuo morando com a família, mas me sinto "sozinha" do mesmo jeito. A vida nos obriga a crescer mais rápido do que deveria, mas no fundo isso é bom, nós amadurecemos e aprendemos muito!

    Blog | Facebook

    ResponderExcluir
  4. É tbm pensava assim como vc..rsrs, mas a vida sempre está cm mtas surpresas preparada para nós, só esperando o momento para nos pegr d jeito..kkk, é vivendo e aprendendo a cada momento. Mas não podemos reclmar tbm.rsrs temos saude e força para tocar o barco, o negócio e seguir em frente sem medo d ser feliz.. =D

    ResponderExcluir
  5. ee a vida nao é facil, faço faculdade e trabalho, é foda manter pelo menos ainda tenho onde morar.. mais como futuramente meu namorado quer que moramos sozinhos aii vou ter que dividir tudo em relaçao as dividas, aii que falamos 'fudeo'.

    kisu
    www.eraoutravez.com

    ResponderExcluir
  6. É com o tempo a vida nos obriga a ser adulta, morar sozinha foi um grande passo em relação a isso!

    Eu concilio tudo, filho, trabalho, faculdade, academia, lazer. E de certo modo é bom, mas que a saudade do tempo em que minha unica preocupação era levantar de manha pra ver "3 espiãs demais" é muita, há se é! Em pensar que eu queria crescer logo...

    Beijos, www.doseadolescente.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.